Imprimir

Telas antigas se transformam em novas obras

Lwuzhere. Em uma primeira leitura é difícil compreender o nome da artista que participa do concurso Express Yorself promovido pelo International Art Expo. O mesmo não acontece com suas obras. De imediato elas impressionam por uma suavidade inquieta e pela delicadeza, mesmo que Lu as classifique como “um vandalismo bonitinho”. O trabalho é de 2012, mas a ideia foi se formando desde que morou na Alemanha, em 2007. O gosto por antiquários fez com que visitasse muitos por lá. “Eu percebia que todos os objetos eram comprados ou despertavam a atenção, mas os quadros antigos eram os que menos despertavam o interesse por quem passava por lá”, conta. Foi em Berlim que ela comprou as duas primeiras telas.

Tempos depois, de volta ao Brasil, veio a ideia: “Ver todos aqueles quadros me fez pensar: por que não reciclar estes quadros?”. E assim começou a série. Elementos da cultura brasileira e européia se misturam – muitas vezes lembram a renda tecida pelas mulheres brasileiras, em outras os arabescos do velho continente.  Assim como a identidade de Lu, que se declara apaixonada pela Escócia, tendo abraçado o país também como sua nacionalidade.

A artista conta que nem todo mundo gosta da ideia, por estar pintando sobre telas de outras pessoas. “Eu não vejo assim. Existe todo um cuidado em consertar, organizar e transformar aquelas telas antigas”. É Lu… Não dá para agradar todo mundo. Mas agradou aqui! Abaixo segue a tela que participa do concurso e se você também gostou do trabalho, curta o post no Facebook e também a página do concurso, para validar o voto! A votação segue somente até amanhã, sábado, 18/05, falta pouco. Lu precisa de 400 likes para ser selecionada. Eu achei que vale a ‘curtida’ para garantir o lugar dela na exposição. Se achar o mesmo, clica no link e ‘curte’ lá! Para conhecer mais trabalhos da Lu, acesse o Tumblr da artista.

Tela de Lwuzhere

{lang: 'pt-BR'}

Deixar uma resposta

-->